segunda-feira, 20 de abril de 2009

Posso pegar sol durante tratamento para câncer com quimioterapia?

Qual o médico que nunca se deparou com esta questão?

A resposta costuma ser simples: NÃO, não se pode expor a pele ao Sol durante e logo após o término do tratamento.

Uma pesquisa mais detalhada pode deixar as coisas menos claras. As drogas utilizadas em quimioterapia que comprovadamente causam problemas após a exposição ao Sol (fotossensibilidade) são: DACARBAZINA, METOTREXATE, VINBLASTINA, FLUORACIL.

Assim, com certeza, se o paciente está em tratamento para Linfoma de Hodgkin a resposta é: FUJA DO SOL !

Mas, se o paciente está em tratamento de um Linfoma não-Hodgkin, a resposta é menos clara.

De qualquer modo, é prudente evitar a exposição com a utilização de filtro solar. Não ir a lugares abertos das 10 hs até as 15 hs. No barato, você estará diminuindo o risco de um câncer de pele. SUA PELE AGRADECE!

Um comentário:

Buggyman disse...

Gosto deste blog! E fico buscando informações em todos os cantos. Esta aqui, de fugir do sol, é uma novidade para mim. tive uma reação estranha na pele do rosto, com uma descamação e vermelhidão, como se estivesse queimado de frio. Isso acontece com mais frequência uma semana após a quimio, mas em dias mais frios, ela aparece mais forte. Não tenho cuidado com sol, pois não sabia que podia ter algum tipo de reação.
Minha terapia para um linfoma folicular está sendo com Rituximabe, além do quimioterápico.