sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Linfoma de Hodgkin e linfoma anaplásico - Novo tratamento - brentuximab vedotin

Prezados, Este ano aconteceu um fato notável. Recentemente, o FDA, que é a ANVISA dos EUA, aprovou o uso de um novo medicamento para linfoma de Hodgkin. É a primeira aprovação de uma nova droga para esta doença nos últimos 30 anos! O brentuximab vedotin, também conhecido como SGN-35, tem o nome comercial nos EUA de Adcetris (Argh!!!). O medicamento faz parte dos novos tratamento-alvo que vem sendo desenvolvidos para os linfomas. Neste caso, um anticorpo contra uma proteína comum da membrana das células do linfoma de Hodgkin (células RS), o CD30, foi ligado a uma toxina que destroi as células ligadas no anticorpo. Existe um outro tipo de linfoma onde o CD30 está presente. Ele é o linfoma anaplásico. Trata-se de um linfoma de células T que pode acometer somente a pele ou os gànglios. No caso do linfoma de Hodgkin, a aprovação é para pacientes que falharam a uma quimioterapia e não têm condições de ir para um transplante autólogo de células-tronco. No caso do linfoma anaplásico, a aprovação é para pacientes que falharam a um esquema de quimioterapia. Este é só o início. Agora, vamos torcer para os bons resultados se confirmarem a longo prazo e para novos estudos utilizarem pacientes com doença menos avançada. Quando este medicamento estará disponível no Brasil? Impossível arriscar. Um abraço.

11 comentários:

C@rin disse...

Essa notícia é mesmo muito boa. Agora é "torcer" para que nosso governo, cuja política pública para a saúde até reduzir o número de pacientes beneficiados por tratamentos já iniciado, aprove sua inserção no país.

Uma dúvida: esse medicamento seria indicado a casos de recidiva de Hodgkin pós-tmo autólogo?

Obrigada,

Carin

Buggyman disse...

Os laboratórios utilizam altos valores para o desenvolvimento e a utilização de novas drogas. Em países como o nosso, infelizmente, não há uma grande segurança jurídica para que isso seja feito, com a quebra de patentes antes do tempo e coisas do gênero.

Ouço falar de pesquisadores brasileiros descobrindo coisas, mas em laboratórios estrangeiros. Por aqui não se faz pesquisas?

Congregação Canaã Bom Sucesso disse...

Prezado Rony,
Faço quimio a 2 anos e o tratamento nao respondido. A Dra. Que me acompanha ja receitou o ADCETRIS, mas infelizmente o plano negou por falta de registro ANVISA. O caso está na justiça. Agora, há alguma novidade sobre essa medicação no Brasil(prazo?), tenho orado muito.

Agradeço a atenção e qualquer ajuda!

Cletonio Nascimento.
cletonionascimento@msn.com

Parabéns pelo Blog.

Rony Schaffel disse...

O ADCETRIS é um medicamento recentemente desenvolvido que vem sendo testado para linfoma de Hodgkin e linfoma anaplásico. Infelizmente, creio que ainda estamos um pouco longe da aprovação. Só depende mesmo da ANVISA. Um abraço.

Marcelo Pignatari disse...

É POSSÍVEL CONSEGUIR A MEDICAÇÃO VIA JUSTIÇA, O PROCESSO FAVORECE O ENFERMO.. EU CONSEGUI, QUEM QUISER MAIS INFORMAÇÕES ME MANDE UM E-MAIL.

Marcelo Pignatari disse...

É POSSÍVEL CONSEGUIR A MEDICAÇÃO VIA JUSTIÇA, O PROCESSO FAVORECE O ENFERMO.. EU CONSEGUI, QUEM QUISER MAIS INFORMAÇÕES ME MANDE UM E-MAIL.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se pode ser tomado por quem tem cancro do estômago e ovários?
Obrigada

Rony Schaffel disse...

Infelizmente, não posso te responder já que estes tumores não são da minha especialidade.

Valeria Fernandes disse...

Marcelo qual seu email por favor!!!

bianca disse...

Minha irmã conseguiu esse medicamento na justiça...qualquer informaçao me mande por e-mail.

Medbya@hotmail.com

bianca disse...

Sim